Pular para o conteúdo principal

Precisa ser do começo ao fim


“Lembra-te da Tua Palavra ao Teu servo, pela qual me deste esperança” (Salmo 119:49)

Você lembra quando você começou a crer no Senhor Jesus? Lembra de quando teve aquela experiência de fé a qual encheu seu coração, preencheu sua alma e mudou toda a sua visão de mundo, abriu sua mente para uma visão jamais pensada antes (o Reino da luz)?

Pois então, tudo se deu pela Palavra de Deus. Ao ouvir a pregação bíblica, ao ler as Escrituras, ao estudar a Bíblia, todos os nossos “sentidos espirituais”, por assim dizer, foram aguçados e alimentados com a verdade. 

Assim, a continuidade da sua fé precisa ser por meio da Palavra. O salmista pede a Deus para que o Senhor o lembrasse da Palavra, possivelmente porque, como todos nós, no meio da jornada, podia ser distraído do verdadeiro caminho, prestando atenção em suas emoções (ou pior, nas emoções de outros que se dizem portadores da mensagem de Deus), no entretenimento e conhecimento - e, para nós, em nosso tempo, pelas versões “góspeis” de todas essas coisas.

Não deixe que outras “fontes” (que não são fontes) guie a sua fé. Se ela veio pela a Palavra, precisa, necessária e biblicamente, continuar por ela; esse é um princípio inegociável. Modismos vieram e foram na igreja, e outros virão, ainda mais no final dos tempos, mas o mesmo salmo também nos diz: “A Tua Palavra, Senhor, para sempre está firmada nos céus” (119:89).

É lendo todos os dias, MEDITANDO, dialogando em seu coração com tudo o que a Palavra lhe fala e ensina, que você encontrará o caminho e a direção de Deus. Pela Palavra você teve a esperança de salvação que um dia se cumprirá ao entrar no céu, pela graça, e é por Ela que Deus vai continuar a Sua obra e lhe conduzir em toda a sua vida aqui na terra.

Permaneça crendo e confiando, seguindo pelo caminho do que o Espírito Santo lhe fala ao coração por meio da Escritura, tanto para as coisas da terra quando do céu.

Que a graça de Deus superabunde em você, é o meu desejo e minha oração!

Pr. Leandro Hüttl Dias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…