Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Dica rápida e simples de comunicação produtiva!

Por Seiiti Arata

"Não é produtivo usar apenas argumentos racionais (lógica e fatos) ao debater com pessoas que já formaram opinião no nível emocional".

A dica acima é especialmente importante pra quem está chegando ao trabalho hoje depois de um fim de semana relaxante… e cedo ou tarde vai encontrar algum colega metralhando acusações políticas com intenção de provocar. Pois é: em épocas de eleição, até mesmo as pessoas queridas podem perder a linha e ofender sem querer.
Ao encontrar um provocador, vale lembrar: pra quem já formou opinião EMOCIONAL, não será produtivo tentar apontar fatos ou usar a lógica para argumentar.
É claro que a vida democrática envolve participação, estudo, troca civilizada de ideias, liberdade de expressão e curiosidade para entender outros pontos de vista. Infelizmente, os piores provocadores não estão interessados em nada disso, pois se comportam como torcedores fanáticos.
E não é produtivo tentar convencer um torcedor fanático a trocar de time apena…

Defesa de um gay à família natural e à liberdade de expressão; confira!

ATENÇÃO!

Esta postagem era uma incorporação via código HTML de uma postagem feita no Facebook. Entretanto, a rede social excluiu a postagem sem meu conhecimento. Posto isso, aqui no blog aparece apenas o título. Não apagarei como registro do que ocorreu. abaixo segue o link para o qual o código HTML disponibilizado pela rede social na ocasião em que incorporei o conteúdo apontava (e que, diga-se, deu certo e apareceu aqui no blog, sumindo depois da exclusão):
https://www.facebook.com/leandrohdias/posts/81556510846433
Homossexual posiciona-se contrariamente às mentiras da militância LGBT
Publicação by Leandro Hüttl Dias.



SERMOS ÉPICOS ESTÁ NOS MATANDO!

Nos dias de hoje, tudo é “épico” (insira de um a quinze pontos de exclamação).
Cada filme é uma história épica de corações partidos, amor e sobrevivência. Cada livro é o conto mais épico desde a Odisseia de Homero. Cada rivalidade esportiva, não importa o quão vergonhoso ou sem importância (“O Íbis Sport Club encara seu rival épico”) é o jogo épico do século. A final do Campeonato Brasileiro é épica. A Superliga é épica. Essas asinhas de frango que comi na última quinta-feira foram épicas.
Nós, cristãos, somos viciados no épico também. Os livros que vendem e os blogs que se espalham são aqueles que retratam a vida cristã como uma jornada épica de emoção, adrenalina e aventuras malucas, tudo para a glória de Deus. E não me interpretem mal, haverá momentos em nossas vidas em que nós vamos fazer coisas grandes e difíceis para Deus, como ir a uma viagem missionária, adotar uma criança, ou plantar uma igreja. Sou TOTALMENTE a favor dessas coisas. Louvado seja Deus, se você tiver a oportun…