Pular para o conteúdo principal

Um discurso vazio para as ruas cheias. O negócio é continuar!


Ontem à tarde eu disse no Facebook que estava achando estranho a ausência de um pronunciamento da Presidente Dilma Rousseff, diante de sua nação em protesto durante uma semana. Ao chegar em casa, minha esposa disse que ela falaria às 21:00hs na TV. Eu, e milhões de brasileiros, por fim, iríamos ouvir algum retorno de tantas manifestações.

Tão logo começou, seu "chute" foi na trave. Os torcedores da maior arquibancada do Brasil tiveram que vaiá-la - e de novo. Ela foi demagoga e desviou o foco. O alvo principal da introdução foi para os vândalos (depois ela citou novamente o assunto no meio e no fim... foi retórica nisso e em outros pontos), dizendo que não iria tolerar violência. Ora, isso vai existir em qualquer manifestação desta monta e propósito. Essas pessoas não representam os manifestantes de verdade, mas a própria vida urbana tem violência e se, talvez, o governo tivesse investido mais em segurança isso não teria acontecido. Por duplas razões; se você me alcançou no pensamento...

Estamos diante de um manifesto legítimo com atos violentos isolados. Evidente que não sou favorável a depredação do patrimônio público (até porque é o público que paga pela restauração dele; políticos não tiram um centavo do bolso para isso), mas, problemas acontecem. A política brasileira tem a corrupção, por exemplo - mas infelizmente não como um "caso isolado".

De uma coisa eu sabia, que o PT iria tentar tirar vantagem disso e aparecer, mais uma vez, como "o salvador da pátria". Bingo pra mim! Sua Excelência diz, no plural: "se aproveitarmos bem o impulso dessa nova energia política...". Ocorre que o PT tem que entender: o povo não está carente de ser ouvido, tutelado - não quer o colo de uma mãe que o console. O povo quer alguém que RESOLVA e FAÇA, está carente de ser ATENDIDO. É isso que a população quer. Por óbvio, então, o povo não quer o PT.

Em um dos pontos nevrálgicos da manifestação, os gastos com a copa, ela testa o raciocínio alheio e diz que não está usando dinheiro do orçamento federal. Bom, o que está usando é PÚBLICO do mesmo jeito. Vou deixar essa explicação com Fernando Rodrigues, blogueiro do UOL acerca de política (abaixo, em vermelho):

A presidente afirmou que todos os gastos para construir estádios e outras obras são empréstimos que serão pagos pelas empresas e Estados que receberam esse dinheiro. Não é bem assim. Tem muito dinheiro público, do BNDES, com juros que são subsidiados por todos os brasileiros.
Mesmo que as empresas e Estados paguem esses empréstimos (se é que vão pagar), terão recebido um grande benefício por causa dos juros camaradas. E mais: a maioria dos recursos foi para governos estaduais. Ou seja, se esses governos pagarem, ainda assim terá sido usado dinheiro público – portanto a presidente tergiversou ao dizer que não usaria fundos estatais. Já usou.
A suntuosidade das obras da Copa é um dos poucos pontos de consenso na irritação de quem têm ido às ruas protestar. Há uma sensação forte de que tudo foi feito apenas para turistas e a elite usarem. (Grifos meus).

Acredito que ficou claro que é dinheiro público do mesmo jeito! São rios desperdiçados, para a elite e os estrangeiros. Sabe o que seria um protesto REALMENTE contra esse absurdo? Não participar dos jogos nos estádios. Se a manifestação em 2013 foi marcada com a hastag #VEMPRARUA, em 2014 deveríamos usar a seguinte: #FIQUEEMCASA! Isso, sim, seria um protesto de quilate histórico singular.

Cara Presidente: queremos ações de pronto. A senhora não disse nada sobre a saída imediata de Renan Calheiros do Congresso, sobre a PEC 37 e tampouco sobre investigação nas contas da Copa. É isso que o povo quer de início. Ele não quer escutar: "saibam que estou ouvindo vocês...". Nem quer retórica, isso é truque velho.

Entretanto
Apesar das críticas feitas, quero dizer uma coisa, e não estranhem. Não adianta demonizar a Dilma agora. Como assim???? Não, eu não sou PT, nem Dilma, mas o que acontece é que a bomba caiu no colo dela! Não adianta virar um canhão de ódio para ela. As manifestações nas ruas são o eclodir de anos de corrupção, e a gota d'água foram os R$ 0,20 da passagem de ônibus. Mas não aconteceu TUDO no governo dela.

Ela tem a cota dela, isso é inegociável, entretanto percebi no seu pronunciamento que ela estava um pouco ansiosa e temerosa em função da copa (será que as pessoas irão? Será que receberão bem os turistas? - acredito que sejam indagações do seu íntimo). Sem dúvida está fragilizada - não coitadinha -, mas enfrentando uma pressão terrível, por si mesma, mas MUITO também por outros. O que quero dizer é: creio firmemente que, se pudesse antever o "abacaxi" que herdaria de Lula, ELA NÃO TERIA ENTRADO NA CONVERSA DELE PARA SE CANDIDATAR À PRESIDÊNCIA.

Mas, precisamos agora cobrar dela, pois é quem está no poder. Ela pode conseguir atravessar isso, até em função da personalidade dela, que é o que a está salvando; ela é colérica, e será como um caminhão passando por cima de tudo, embora no íntimo estará em frangalhos. Que Deus a ajude.

Conclusão
Então, pensemos sobre os fatos, estejamos atentos, raciocinemos, mas oremos por ela, porque encontra-se investida de autoridade, é o que Bíblia nos diz para fazer (1 TM 2:1-2). Eu não sei se ela vai ficar (ou se vamos tirá-la, ou se ela por fim renuncia), mas uma coisa que li nas entrelinhas, foi quando ela disse "não é fácil chegar onde desejam muitos dos que foram às ruas". Ela sabe disso, porque está no meio da podridão. Terá que fazer mais do que pensa.

O discurso dela foi fraco, insuficiente e não atendeu às expectativas de ninguém (do povo), e como disse o Reinaldo Azevedo no seu blog: "São medidas de tal sorte descoladas entre si que o conjunto parece ser um arranjo de última hora". Foi assim que vi também. Ainda poderíamos discorrer sobre os "médicos-importados" e outras coisas, mas por hora é o bastante. Assim, a questão é: continuemos neste despertar lindo do GIGANTE que acordou. Precisamos agora é definir objetivos e há muitas pessoas que podem nos ajudar com isso. Mas não vamos arrefecer os ânimos! Sigamos orando por nossa nação, Deus está se manifestando.

Pense nisso.

Leandro Hüttl Dias

Comentários

  1. É isso mesmo Leandro, a presidente está preocupada tendo em vista que o povo está começando a entender um pouco como funciona a tal tripartição dos poderes, legislatvo, executivo e judiciário, que na verdade são farinha do mesmo saco, tendo em vista que todos querem mamar nas tetas Brasil e colocar os seus para mamarem. Realmente ela não disse nada, não explicou nada. Ela disse que está ouvindo a pauta dos manifestantes. Lamentável !! Na realidade, a tal pauta é tudo que ela e seus "companheiros" já deveriam ter feitos. Foram eleitos para isso, prometeram em suas campanhas assim proceder, ganham uma grana forte para isso, fora a corrupção.

    parabéns pelo texto.

    Carlos Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pai, acredito que é isso ai, o movimento é um despertar político para o povo! As escolas deveriam voltar a lecionar OSBP e EMC ou qualquer matéria que politizasse mais a nação - porém, naturalmente isso não é um interesse dos políticos.
      Obrigado pelo comentário ao texto. Precisamos continuar e não arrefecer.
      abs, Filho.

      Excluir

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, comente :) !

Obs.: Caso você tenha dificuldade em publicar seu comentário, verifique o campo Comentar como e selecione Anônimo. Depois, faça seu comentário e assine no final. Pronto! É só aguardar a publicação dele, o que normalmente faço em até 24h.

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…