Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

Limitar a pregação de religiosos aos templos não é democrático, nem legal

Por André Tisi, advogado

Limitar a pregação de religiosos aos seus respectivos templos seria limitar o núcleo essencial do direito à liberdade de crença religiosa.


Muito tem se falado a respeito do Projeto de Lei Complementar nº 122, o qual visa alterar a Lei 7.716/89, que "define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor" (Ementa da Lei), além do parágrafo 3º, do artigo 140, do Código Penal.
Atualmente, a questão voltou à tona em razão da famigerada entrevista concedida pelo Rev. Silas Malafaia à jornalista Marília Gabriela, somada à eminente eleição para a Presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, dividindo opiniões e reacendendo a discussão em todo o país.
Pois bem, como advogado e, sobretudo, como cidadão, resolvi ler o referido Projeto e tomo a liberdade - já que essa ainda me é garantida pela Constituição da República - para tecer breves comentários, sem a intenção de esgotar o tema.
Devo destacar, por oportuno, que so…

Esperei com paciência no SENHOR, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. - Salmos 40:1

Uma coisa que Deus tem feito em minha vida é me ensinar a esperar. Das vezes em que cada propósito chegou ao fim da espera, Deus nunca falhou.

Às vezes achamos que chegou a hora, mas, quando vemos, ainda não é, precisamos aguardar mais um pouco... Deus está aperfeiçoando todas as coisas.

A espera pode ser marcada com lágrimas. Mas, que cada espera de fé com resultados positivos, seja um ânimo para os desafios posteriores em sua vida!

Tenha uma ótima semana!

Rumores de reforma

Por Walter McAlister

A Reforma Protestante do século 16 aconteceu após pelo menos duzentos anos de tremores internos da Igreja. Como só havia uma opção no Ocidente — a Igreja Católica Apostólica Romana (ICAR) —, os que viam verdades sendo esquecidas, ensinamentos dos pais da Igreja sendo ignorados, concílios sendo reformados e contraditos e as Escrituras mantidas longe dos fiéis (e até de padres, se a verdade for dita), finalmente tinham de optar pelo martírio ou algo igualmente ruim.
Esta diferença não aconteceu num vácuo, certamente. Houve um cansaço da parte dos príncipes germânicos. Queriam se ver livres do jugo de Roma, da ingerência papal sobre os seus reinos, condados e regiões. Queriam se ver livres dos tributos devidos à Sé papal. Houve uma convergência de fatores para desencadear a Reforma Protestante. E que convergência fortuita foi essa!
Mas a verdade é que, antes que houvesse Lutero, Zuínglio ou Calvino, houve aqueles que prepararam o caminho, como os Valdenses, Bernard d…

Vídeo: As 4 mentiras sobre sexo - 5min 59seg (João Chinelato Filho)

Contatos Pr. Chinelato:
61 3345-3204
61 7812-1716
Id. 55*118*80823
chinelato@hotmail.com
joaochinelatofilho@gmail.com
Facebook: /prchinelato
Twitter: @prchinelato

Curta Nossa Página no Facebook, Twitter e Youtube e receba diariamente mensagens diretamente do Pastor João Chinelato.

Uma palavra aos homossexuais

Gostaria que todos os gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros e simpatizantes lessem isso e assistissem a estes dois vídeos, em função de todo o prejuízo que estão sofrendo hoje.
No meio de todo embate que se trava hoje POR QUESTÕES SOBRETUDO POLÍTICAS, vocês são os mais prejudicados em toda a história. 
No meio dos entraves, cristãos sempre estão deixando claro que não têm NADA contra vocês. Eu, Leandro, pessoalmente, tenho pessoas na família que são gays e lésbica, já tive funcionário gay, professor gay, cliente gay e me dou bem com TODOS eles, porque aprendi isso desde os primórdios da minha vida cristã e em casa, e porque não podemos julgar as pessoas. Podemos falar-lhes a verdade da Palavra do SENHOR (isso é um dever), mas como se fala a qualquer pessoa que está em uma condição que não coaduna com as Escrituras; fazemos isso inclusive entre cristãos. Depois, as escolhas são pessoais e a responsabilidade é do indivíduo. Continuarei a amar a todos, embora n…

Vídeo mostra movimento gay vaiando Clodovil por defender a família e ser contra a parada gay

Um deputado federal,homossexual, levantou-se contra a militância gay, por sua postura de libertinagem e anarquia.


Clodovil Hernandes (hoje falecido, 17/06/1937-17/03/2009), foi conhecido em todo o Brasil como estilista, apresentador de televisão, deputado federal e por ser assumidamente homossexual.

Na vídeo abaixo, ele é convidado para falar no lançamento da "Frente Parlamentar pela Livre Expressão Sexual", em 21/03/2007, no Congresso Nacional.

Por toda sua exposição na mídia, da qual sua carreira política recebeu reflexo, ele poderia ter feito, sozinho, um enorme barulho pela "causa". Contudo, diante de uma massa de pessoas que escolheram viver como homossexuais, assim como ele, Clodovil, discursando sobre sua vida, desde seu nascimento, preferiu trazer lucidez ao grupo, e trabalhou:
O valor da mulher:dentre outras qualidades citadas, destacou: "nenhum de nós teria nascido se não houvera a mãe... não sei para quê esta luta, para provar o quê?"; O valor …

INVISTA EM SEU CASAMENTO! (Hernandes Dias Lopes)

Alexandre Garcia comenta o caso Feliciano versus o ativismo gay (e sua falta de atitude democrática)

Comentário:

Podemos não concordar com o Marcos Feliciano, é um direito que nos assiste. Mas, subir na mesa, agredir fisicamente pessoas, baixar o nível, não aceitar o contraditório, não permitir a opinião do outro, não lhe dando voz ou querendo calá-lo... isso não é democracia, nem nação livre, a militância homossexual tem muito a aprender.

Cristãos, a militância homossexual e o exercício da democracia

Na nossa vida diária, neste século, cristãos estão dando um banho de democracia na militância homossexual, que tem apenas usado os gays para se manifestarem em forma de baderna; isto é simplesmente falta de civilização democrática.
Cristãos laboram democraticamente pelo seu direito adquirido de liberdade de expressão. Não podem nos obrigar a aceitar o que não concordamos. Mas isso é democracia: espaço para o contraditório. 
O Pr. Walter Brunelli, Mestre em Ciências da Religião, ilustra isso assim: "Há coisas difíceis de digerir. Para mim, uma delas, por exemplo, é nata no leite; porém, há quem goste, e eu não tenho nada contra isso, contanto que não me obriguem a um castigo como esse."
Ele narra um episódio em que estava num shopping e com isso demonstra o quando a militância gay apenas tem usado os homossexuais (o interesse é grana, são milhões envolvidos - e vindos do poder público - dinheiro de gente trabalhadora). Veja o que aconteceu: Eu estava tomando café com a minha mulh…

Eu fico preocupado.... como serão os noticiários do futuro???

Eu fico preocupado. Acredito, por experiência pessoal, como filho, que é importante e necessária a influência de pai e mãe para a formação da pessoa. Há cuidados que apenas o feminino dispensa. Há visão que apenas o masculino percebe. Além de uma extensa lista que somente um pai (homem) e uma mãe (mulher) podem influenciar na vida de um filho. Sou grato aos meus pais pela influência de ambos!!! Recebi deles o que, apenas por suas características inerente ao gênero, puderam me passar (e pelo fato de me amarem e dispensar seus atributos aos filhos; porque, mesmo que os tenham, se os pais não amarem os filhos para influenciá-los positivamente, não adianta muita coisa).
Agora me diga: uma criança ser criada por duas mulheres ou por dois homens????? Ainda que na relação homossexual finja-se que uma parte é marido e outra é esposa, de fato não são. Estão apenas emulando papéis, mas não são.
Um gay, ainda que faça papel de esposa, tem características intrínsecas de homem (veja, por exemplo, …

Cuidado com a imprensa!

Jornalistas sabem o impacto de seu trabalho na sociedade, a mídia em geral sabe disso. Tomemos cuidado com esse chamado "Quarto Poder"; é composto por seres humanos, falíveis e cobiçosos de um um monte de coisas. Ele não deve inexistir, assim como o Legislativo, Executivo e Judiciário também não devem desaparecer.
Contudo, não se deve confiar em tudo o que é visto "na telinha". A "telinha" pode ampliar em "n" vezes um acontecimento que na verdade é pequeno e isolado, mas, por interesses de quem está com este poder na mão ganham lentes de aumento.
A solução para isso não é acabar com a liberdade de imprensa: jamais! (Que pena, o Lula estava animado, rsrs). Antes é permanecer como está: liberdade de expressão, até porque temos excelentes jornalistas atuando. Mas, como em tudo que envolve a mão humana, temos jornalistas tendenciosos, comprados, corruptos. Cuide com esse negócio de que "é jornalista" então é "probo". CLARO que tem,…

Nem 8 nem 80!

O ser humano, geralmente, vive de extremos. No caso específico do vestuário do cristão, ou se vive uma perspectiva legalista, baseada nos usos e costumes, descolada de uma santidade interior, ou se vive uma perspectiva mundana, totalmente desligada daquilo que a Bíblia ensina no que diz respeito ao bom senso e ao equilíbrio. Ser cristão em nossos dias é algo muito desafiador, principalmente para nós homens, pois somos atraídos fortemente pelo pelo visual. Só nos resta mortificar os nossos membros, guardar o nosso coração e suplicar a Deus para que nos ajude na tentação! Para as mulheres cristãs aconselho que tenham moderação e bom senso, e que sigam o conselho do apóstolo Paulo: "Da mesma sorte, que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso..." (1 Tm. 2:9)
Euder Faber
Fonte: http://vinacc.org.br/Conteudo.asp?Id=2096&sec=5&tip=3

Como Estudar Sozinho em Casa