Pular para o conteúdo principal

Mordomia do Corpo (João Falcão Sobrinho)

 “Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?” 1Co 6.19

A matéria de que é feito o nosso corpo, toda ela tirada da terra através de um maravilhoso processo de transformação que Deus mesmo estabeleceu, não é moralmente boa nem má. Bom ou mau é o uso que dela fazemos, conforme as decisões que tomamos. O homem natural, como os animais, segue apenas os impulsos dos seus desejos no uso do seu corpo. O cristão, porém, liberto da tirania do pecado (Rm 6.14), tem domínio sobre a sua vontade e pode usar todas as faculdades do seu corpo para o bem, conforme o propósito e o julgamento de Deus.

Cremos que Deus criou o ser humano com propósitos bem definidos, e esses propósitos não apenas justificam, mas exigem uma compreensão global da personalidade humana à luz dos ensinos e da pessoa de Jesus Cristo. Ao criar o homem como um ser espiritual dotado de um corpo material, o propósito de Deus era que o homem fosse o mordomo da criação, relacionando-se com o universo físico através do seu corpo, e com o mundo espiritual através da sua alma. Com o seu corpo, o homem administraria o mundo onde foi colocado por Deus. Com o seu espírito, deveria relacionar-se com o Criador.

O cristão deve sentir-se guardião de um templo relicário que é o seu próprio corpo. Templo, porque morada do Espírito. Relicário, porque conserva uma riqueza maior do que o valor do mundo, a vida. Santo, porque tem um destino santo sobre a terra: administrar e desenvolver os valores do Reino, servir de elo entre o mundo criado e o seu Criador.

Faz parte da mordomia cristã zelar pela boa saúde. Por duas razões expressivas: Primeira, porque tudo o que Deus providenciou para a nossa vida na Terra foi para que pudéssemos ter saúde, para podermos  usufruir das belezas e das delícias da terra (Gn 2.8-9). Uma prova de que Deus nos quer saudáveis são as curas que Jesus efetuou. A Segunda razão tem a ver com o serviço que devemos prestar a Deus: louvor, adoração, testemunho, beneficência. Com mais saúde, obviamente, a mesma pessoa pode ser mais eficiente em servir. Que cuidados merece o corpo do mordomo cristão? Alimentação saudável; higiene do corpo, da casa, das roupas; assistência médica preventiva, proteção da saúde no lar e no trabalho; descanso e lazer.

Cuide da saúde do seu corpo. Ele pertence a Deus e só deve ser usado de acordo com a vontade de Deus, que é boa, perfeita e agradável, e para a sua glória.

Pr. João Falcão Sobrinho - Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil

Fonte: Boletim Dominical da Igreja Batista Maysa I - 20/01/12.

Comentários

  1. Achei interessante este texto. A mídia nos bombardeia com tantas informações confusas, mas fiel é Deus e sua palavra. Graça e paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Shadalmelik, obrigado por sua visita ao nosso blog. Graças a Deus temos a fidelidade de Deus, e Sua Palavra, frente a qualquer obstáculo do mundo; como a confusão.
      Volte mais vezes, fique com Deus!
      Abs, Leandro

      Excluir

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz, comente :) !

Obs.: Caso você tenha dificuldade em publicar seu comentário, verifique o campo Comentar como e selecione Anônimo. Depois, faça seu comentário e assine no final. Pronto! É só aguardar a publicação dele, o que normalmente faço em até 24h.

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…