Pular para o conteúdo principal

Grupo de jovens


Meu coração abriga uma tristeza. Ver jovens que caminharam com Jesus, conheceram a alegria da salvação e hoje postam nas redes sociais que estão bebendo ou envolvendo-se no mundo, achando isso normal.

Meu coração cristão fica triste. E eles sabem que não é normal.

Falo de pessoas reais, que conheço em carne e osso, embora hoje só os veja nas redes sociais. Lembro das época em que caminhávamos juntos no grupo de jovens. As converas, o desejo de conhecer mais a Palavra de Deus, as orações... Coisas santas, que não se misturam com o destilado das baladas. Meu coração sofre. Sei que aquela pessoa poderia estar numa situação melhor, como eu estou hoje com Jesus Cristo, por Sua graça e misericórdia.

Talvez, jovem, você que me inspirou a escrever este texto esteja me lendo. Estou triste por você, porque eu enxerguei seu potencial.

Claro que fico alegre quando vejo os jovens que permaneceram! Vejo-os guardando-se, casando, tendo filhos, dando frutos na fé cristã. Mesmo que com lutas, desafios... eles estão por ai!!

Da banda triste, houve um caso em que percebi claramente uma tendência homossexual. Pensei em conversar com aquele irmão, muito instável, que se dava bem com todo mundo, mas não se encontrava com ele mesmo. Pensei "vou deixar para a 'liderança', eles sabem o que fazem, certamente estão observando o caso e vão ajudá-lo". Isso na época em que a "liderança" pregava sobre ela mesma quase como "os olhos de Deus". "Ah... a liderança falou... porque Deus os mostrou algo...". Então, com uma intimidade tão grande assim com Deus eu imaginei que estavam vendo tal caso, mui perceptível, do membro do grupo de jovens. Mas não estavam. Ah... como eu me arrependi amargamente de não ter conversado sobre o assunto com ele! Não quer dizer que iria adiantar só porque eu falaria, mas eu teria respondido a este anseio de ajudar. Mas "a liderança"... "Deixe que a liderança está vendo isso...". E não viu foi nada. E hoje? Hoje esse rapaz continua instável em emoções e sentimentos, engodado pela miltância gay, curtindo uma intolerância religiosa. 

Ah, jovens, se vocês soubessem como Jesus os ama e quer tratá-los bem. Eu sei disso, porque experimentei isso, fui fiel e guardei minha fé durante a "mocidade" e hoje vivo o cumprimento de promessas bíblicas. É muito bom. E, como disse, vejo tal fruto na vida de amigos que fizeram o mesmo. Isto é real, 'véi'.

Hoje quando prego aos jovens eu lhes digo: "vocês não são jovens cristão. São cristãos jovens". Faz sentido a diferença, e tem um peso distinto também. Explico que a juventude passa, mas a fato de ser cristão não. Então, curtam a juventude, com santidade e alegria, mas empenhem-se e comprometam-se com a fé em Cristo, porque isso não passa. Não deveria.

Caminhei com alguns jovens e, lembrando da fé que tinham, alegro-me quando vejo-os nas redes sociais, postando suas vitórias acadêmicas, profissionais, familiares, ministeriais, seus desafios, suas provações... mas principalmente, mostrando que ainda são firmes e fiéis a Deus. Por esses, meu coração pode compensar a tristeza daqueles, e se alegrar. 

Mas uma coisa meu coração de crente não perde: a esperança de um dia vê-los voltar; aqueles que se foram, "amando o presente século" (cfm 2 TM 4:10). Pois tenho... "por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo" (FP 1:6).

Jovens dessa geração e toda Igreja de Jesus Cristo: orem, clamms pelos os que se foram, não esqueçamos que são valorosos para Deus; para que voltem ao caminho da salvação, pois o Senhor é misericordioso com aqueles que buscam o arrependimento e querem passar por um conserto, mesmo que doa". Porém, façam isso "odiando até a roupa contaminada pela carne" (Judas 1:23).

Sola fide.

Leandro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…