Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Grupo de jovens

Meu coração abriga uma tristeza. Ver jovens que caminharam com Jesus, conheceram a alegria da salvação e hoje postam nas redes sociais que estão bebendo ou envolvendo-se no mundo, achando isso normal.
Meu coração cristão fica triste. E eles sabem que não é normal.
Falo de pessoas reais, que conheço em carne e osso, embora hoje só os veja nas redes sociais. Lembro das época em que caminhávamos juntos no grupo de jovens. As converas, o desejo de conhecer mais a Palavra de Deus, as orações... Coisas santas, que não se misturam com o destilado das baladas. Meu coração sofre. Sei que aquela pessoa poderia estar numa situação melhor, como eu estou hoje com Jesus Cristo, por Sua graça e misericórdia.
Talvez, jovem, você que me inspirou a escrever este texto esteja me lendo. Estou triste por você, porque eu enxerguei seu potencial.
Claro que fico alegre quando vejo os jovens que permaneceram! Vejo-os guardando-se, casando, tendo filhos, dando frutos na fé cristã. Mesmo que com lutas, desafios... …

Mulher tem VALOR não só capacidade

Semana passada eu fui à uma lanchonete comprar um salgado. A cena que vi me fez ficar refletindo sobre algo até hoje...
No caixa estavam duas moças, escolhendo balas. Em seguida entrou um rapaz e reconheceu uma delas. E disseram um ao outro "HÁ QUANTO TEMPO não via você!". Em seguida o cara deu abraço fortíssimo, agarrando, colando o corpo dela no dele. Ela riu. Depois ela se virou para continuar escolhendo as balas. Ele simplesmente chegou por trás dela, colocou os dedos polegares por dentro da barra do short dela (ela usava um short jeans curto), colocou a mão nos quadris dela (ao lado da bunda mesmo) e depois se acomodou, encaixando-se por trás, já que ela estava de costas e ali ficou. E ela? Ela ria, achava divertido. O mais engraçado é que ela não era do tipo "escancarada", era até bem discreta, falava baixo... porém não demonstrava vergonha em função das outras pessoas, não tentou afastá-lo, só disse: "nossa, eu não estou tão cheirosa". O…

Antigo Testamento x Novo Testamento

A todos que "teólogos" que dizem o seguinte, sempre que alguém cita algumas passagens do A.T.: "essas promessas foram feitas ao povo de Israel", querendo roubar a fé de muitos cristãos (sim, há "vampiros" da fé em nosso meio). A esses, uma pergunta: para que estão na Bíblia, e são acessíveis ao povo do Novo Testamento, senão para conhecermos o CARÁTER do nosso Deus (que tais se lembrem da imutabilidade) e para que possamos crer e ter fé que o MESMO SENHOR (imutável) pode agir da mesma maneira conosco?
a) Se os livros e promessas do A.T. não fossem importantes para a fé neotestamentária, se fossem apenas históricos, a Bíblia, como Revelação, teria apenas o N.T. Sendo o A.T. destinado apenas à conhecimento e consulta. (o que dirá chamar Abraão de pai da fé!). Lembrando que o AT é tão canônico quanto o NT. 
b) Se as promessas foram feitas apenas ao povo de Israel, que tais também cumpram a lei para salvação, pois o Messias é promessa saída de lábios de profeta…

PERDÃO POR CONHECIMENTO PRÉVIO

Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?

Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.
Mateus 18:21-22
Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?

Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.
Mateus 18:21-22 "Então Pedro, aproximando-se dele, disse: - Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus disse: - Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete" (Mateus 18:21-22).

Ao ser ofendido na cruz, dizia Jesus: - "'Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem'.' E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes" (Lucas 23:34).

Por que Jesus os perdoou no mesmo instante em que era atacado e que repartiam o que era Seu? Porque Ele “não necessitava de que alguém testificasse do homem; pois…

TÁ BOM?...mesmo?

Você não pode dizer que uma coisa é boa somente por experimentar e gostar.

Pegue doces e coma, com uma coca-cola bem gelada! É uma delícia. Mas, você não pode dizer que isso é bom e saudável. Faça isso todos os dias... e depois suba na balança e veja sua saúde com o passar dos anos, se isso se tornar seu estilo de vida.
É a mesma coisa com o pecado. O adultério, a relação sexual antes do casamento (fornicação), a sensualidade, tudo isso é bom na hora, e então as pessoas dizem: "é bom! é bom! careta é quem não faz". Contudo, pese na balança moral o que você faz, compare com a tabela divina do que é bom, perfeito e agradável a Deus (a Bíblia) e veja se isso é realmente "o canal".

Quanto às consequências ao longo da vida, ao se consumir muito doce, segundo as atuais publicações, o excesso de açúcar pode causar até Alzheimer. Imagine, agora, as consequências ao escolher viver em pecado, não somente durante esta vida, mas durante a eternidade também, e sobretudo. Pesquise,…