Pular para o conteúdo principal

Que queres que te faça?


“E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista”. Marcos 10:51 

Às vezes o que precisamos da parte de Deus é de um milagre como esse, enxergar, ouvir, ser curado de um mal no corpo. Contudo massificaram esta bênção que Deus pode oferecer, a da cura física, e louvado seja Ele por isso, mas como se bênção fosse somente essa (ou prosperidade material, que, embora seja boa, de longe não é o todo da bênção do Senhor). 

Algumas pessoas podem precisar desesperadamente de outra ajuda da parte de Jesus. Via de regra focamos a leitura do versículo acima no pedido do homem, que foi: “que eu tenha vista” e anunciamos os milagres físicos... Conquanto eles sejam necessários, senão as pessoas não creriam, conforme o próprio Senhor Jesus falou (João 4:48), não é tudo. 

Podemos estar precisando de outra coisa, ao lermos “Que queres que te faça?”. Alguns gozam de boa saúde, mas precisam de direção, apoio emocional, portas abertas em alguma área na vida. Talvez o que pedissem a Cristo seria: “Senhor, me orienta na vida, pessoalmente, socialmente...”, “Senhor, me ajuda com tal situação”... ou “Senhor, cura a minha alma, tranquiliza a minha mente, por favor!”. E jamais viriam a pedir uma cura física, e a resposta nem sempre seria essa para todas as vezes que se pedisse algo a Deus! 

De todo modo, o que ouviríamos depois do pedido, se o fizéssemos de forma verdadeira diante de Cristo, e fosse algo lícito segundo a Sua Palavra, seria: “Vai, a tua fé te salvou”. Mc 10.52. Sim, o que fez acontecer uma providência divina ali, no caso a cura, não era o fato da cegueira em si, mas a fé da pessoa. 

Há uma discussão grande neste ponto sobre a fé. Mas como não estou tratando disso neste momento, para simplificar quero dizer que não estou dizendo para a pessoa ter fé por si mesma, pois é dom de Deus. E nem para que tenha fé na fé. Mas sim, fé em Deus, pela graça. Contudo a fé precisa existir, e ali se estava diante do Senhor Jesus, Deus, autor e consumador da nossa fé (Hb 12.2); e como se prova na passagem, tudo aconteceu.

Meu coração jubila quando imagino Jesus me olhando e dizendo de forma simples: “Que queres que te faça”? E nós precisamos de muitas coisas que talvez nem sempre as pessoas estejam atentando e atendendo, mas Jesus pode atender; a tudo. 

Confie seu coração a Deus, logo toda sua vida estará nas mãos do Criador. Obedeça à direção que Ele lhe der, pois a fé que Ele dá é para salvar. Peça o que precisar. Associe a pergunta com a graciosa fé que salva, e vá mudando a vida.

O que você quer que Ele lhe faça?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…