Pular para o conteúdo principal

Masculinidade - Parte 2/2

Se ainda não viu, leia a parte 1 deste texto: http://leandrohdias.blogspot.com/2011/01/masculinidade-parte-1.html



Desobedecer aos caminhos do Criador, como viver em imoralidade (apenas um exemplo) é distanciar-se de ser homem, contudo neste mundo afirma-se que ser homem é ter várias relações sexuais com mulheres diferentes, viver “livremente” (na verdade na escravidão do pecado, sem a libertação de Cristo), ter amante (o que contraria os mandamentos de Jesus) e que ser ignorante é ser macho (e alguns se orgulham disso, mas o Cânon diz que os homens se orgulham do que Deus abomina). Jesus era homem enquanto carne e não era ignorante - e é impossível questionar a masculinidade de Cristo. Na verdade, quanto mais perto dos caminhos de Deus, mais macho isso me torna; e quanto mais distante disso, inclino-me mais para imagem e semelhança de animal irracional, do que de Deus. 

Ser homem é ser como Jesus, Ele é o modelo para a masculinidade da Palavra na prática, mesmo por ser o Verbo que encarnou, o exemplo é para nós. 

Tal padrão está muito distante do que as pessoas pensam e vivem. Homens firmes, porém quebrantados a Deus, e que se relacionem bem consigo e da mesma maneira com o seu próximo, é o que devemos apresentar para este século, tudo isso numa busca, pois naturalmente ninguém chegou à plenitude ainda (FP 3:13-14). Na Igreja, devemos ser um grupo de homens buscando a Jesus, na Sua Palavra (e em oração, jejum e clamor), por Sua força, propósitos, graça e consolo para viver e passar o que é certo. Há mais um desafio aqui (qual homem não gosta de um desafio?): no mundo, sobretudo no tempo presente, não há certo e errado, há esta questão a ser trabalhada também, conforme a graça.

Naturalmente muitos de nós deixamos muitos erros e já vivemos padrões de Deus – isto é certo –, mas será que já é no todo da vida? E há a necessidade da troca de experiência, entre homens, nesta jornada e da manutenção da prática bíblica com a sempre “não conformação” com este século e da constante transformação pela renovação da nossa mente, conforme a Palavra de Deus: "E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." (RM 12:2). Tudo para agradarmos a Ele, servirmos ao próximo e alcançarmos realizações – projetos –, o que também é Sua vontade para nós. 

A teoria soa boa, mas com as mangas arregaçadas e na prática da vida, há muitos espinhos e abrolhos, precisamos de Deus e uns dos outros para os objetivos apresentados, que em resumo são:

1) limpar-se do conceito errado de ser homem forjado pelo mundo;
2) viver o correto conforme a Palavra;
3) levar esta verdade a outros homens.

Que Ele nos ajude. 

E, naturalmente o que foi dito passa pelo Evangelho que deve viver um cristão homem; mas o objetivo central e final é a pessoa do próprio Senhor Jesus Cristo.

Cabe um destaque aqui: se você viveu longe dos caminhos indicados pela Palavra de Deus para a masculinidade, saiba que a mesma Bíblia fala do arrependimento e da oportunidade de Jesus como caminho a Deus. Lembre-se que Deus te ama e antes de nos julgar Ele enviou Jesus para mudarmos o caminho definitivamente para Ele e não sermos condenados a perdição eterna no Dia do Juízo que a Bíblia promete que virá. Procure um amigo cristão para conversar sobre isso ou ainda uma igreja evangélica e ouça mais da Palavra do Senhor, que nos restaura, numa obra do Espírito Santo, continuando a obra iniciada por Cristo, pelo Pai.

Soli Deo Gloria.

Leandro Hüttl Dias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…