Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Se o seu irmão pecar... repreenda-o!

"Tomem cuidado. "Se o seu irmão pecar, repreenda-o e, se ele se arrepender, perdoe-lhe". (Lc 17:3 NVI) "Se o seu irmão pecar, repreenda-o"
Comumente as pessoas dizem, sobre este versículo, que devemos estar sempre dispostos a perdoar, e de fato devemos. Contudo, algumas ainda sentem-se desconfortáveis em repreender o ofensor. Acham que cristãos devem ser mansos e deixar passar as acusações e ofensas (pois toda acusação constitui uma forma de ofensa). Mas no Novo Testamento, o próprio Jesus, não ensina isso. Mas... não devemos dar a outra face? Vamos pensar um pouco sobre isso.
Fazendo uma consulta da Bíblia no original, vemos que a palavra em grego usada para "repreender" significa: "censurar, repreender, admoestar seriamente, advertir". Essas palavras querem dizer: vamos ao dicionário[1]: a) censurar: 1 Exercer censura sobre: A ditadura censurou a imprensa. 2 Criticar: Não lhe censuro a vaidade. 3 Reprovar: O professor censurou as maneiras dess…

Minha vida escondida

"Esconde-te junto à torrente de Querite". (1 Rs 17.3)
Os servos de Deus precisam ser instruídos quanto ao valor da vida escondida. Para se ocupar uma posição elevada diante dos semelhantes, é preciso tomar uma posição humilde diante de Deus. Não devemos ficar surpresos se às vezes nosso Pai nos diz: "Chega meu filho. Você já agüentou bastante dessa correria, publicidade e movimento; retire-se daqui, esconda-se junto ao ribeiro - esconda-se no Querite do quarto de enfermidade, ou no Querite do luto, ou em alguma solidão, do qual as multidões se afastaram."
Feliz daquele que pode responder: "A Tua vontade nisto é a minha também. Fujo para Ti e me escondo. Esconde-me no oculto do Teu tabernáculo e à sombra das Tuas asas!"
Para que uma alma piedosa tenha poder entre os homens, ela precisa ganhá-Io em algum Querite escondido. A aquisição de poder espiritual é impossível, se não nos escondermos dos homens e de nós mesmos em algum lugar oculto onde possamos absor…

O aumento das multidões

"Aumentando a multidão, Jesus começou a dizer: 'esta é uma geração perversa. Ela pede um sinal miraculoso, mas nenhum sinal lhe será dado, exceto o sinal de Jonas''. (Lucas 11:29)
Acho interessante hoje a atitude dos pregadores diante das multidões. Quando elas crescem, os membros aumentam, suas atitudes mudam diante do que vêem os olhos: volume, muita gente. Jesus não "desnatou" o discurso dele quando aumentaram as pessoas. Imbuído do desejo de ser admirado por multidões, ele poderia querer agradar aos outros, dizendo-lhes o que gostariam de ouvir, já que conseguiu a atenção deles; mas Ele não fez assim, não queria assim.
Pregar a Palavra de Deus precisa de coragem para falar a verdade diante de poucos ou de muitos. Precisa fazer morrer o ego, a vaidade de ser admirado, apreciado por muitos. Não apenas diante de uma platéia, mas muitos blogs começam a fazer sucesso e mudam seu discurso, assim também autores, editoras, livros.
Jesus "engrossou o caldo"…

O que Jesus disse?

Estava vendo há pouco o dicionário de grego e verifiquei a palavra que nos leva à "mateteísate", usada em Mateus 28.19 quando Jesus diz para fazermos discípulos; discipularmos.
A palavra é realmente "discipular, ensinar". Uma outra tradução possível seria "Indo, pois, ensinem todas as nações...".
O conceito usado hoje normalmente é de pregar. Sim, devemos pregar. Mas as pregações antigamente parece que tinham o interesse de ensinar o Evangelho, conforme as palavras de Jesus. Hoje temos o conceito de divulgar (e como numa campanha política, atrair com promessas). Mas o verbo usado por Jesus não é como o de propaganda, como muitos acreditam, no sentido humano de fazer marketing. Alguns pensam em estudar marketing e usar os princípios para o Evangelho, mas este é antes daquele. Jesus não disse para anunciar, fazer propaganda, mas para ensinar: "Discipulai todas as nações", também é outra tradução possível.
Fico tenso quando vejo algumas igrejas sem a …