Pular para o conteúdo principal

Santidade

Parece que a santidade não se obtém depois de algum tempo de sacrifícios e atividades para ficarmos então com ela para sempre, como um grau de bacharelado, por exemplo.

A santidade parece que é como o alimento. Se eu parar de comer, fico com fome, tenho efeitos. Algumas coisas são como a alimentação, outras como a graduação.

Parece não... É assim mesmo, pela prática percebemos, e através da Escritura temos certeza. Então, não coloque um esforço na santidade tão grande como numa luta para aquisição de um grau acadêmico. Isso não se refere a afrouxar, mas que regras como "não toque, não manuseie" que podem consumir muito esforço, embora tenham aparência de santidade, não são úteis para deixar os desejos da velha natureza pecaminosa.

Somente o sangue de Cristo.

Depois de lutar contra a velha natureza pecaminosa, Paulo em Rm 7:24-25 diz que somente Jesus pode salvá-lo da mesma. Jesus, somente Ele, pode nos ajudar na alimentação diária para a vivência da santidade.

COLOSSENSES 1
17 E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.
18 E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.
19 Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nEle habitasse,
20 E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dEle reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus.
21 A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou,
22 No corpo da sua carne, pela morte, para perante Ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis,
23 Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na FÉ, e não vos moverdes da esperança do Evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro.

O Evangelho fala de justiça; de santidade, inclusive, e isto pela fé, não por obras.

Hoje tudo o que ouvimos é que devemos nos esforçar para conseguir as coisas, mas com a santidade não é assim, não é puro esforço humano, com ações previamente sistematizadas, para chegar onde se deve chegar. Eu escrevo para uma geração cujo pensamento foi treinando desta forma citada, para alcançar qualquer objetivo que precisa. Mas, com a santidade é diferente.

É o confessar a Jesus quem eu sou e o que eu preciso que O toca de maneira profunda para transformar. Confessar, confessar quem em sou, não para viver a condição, mas para admitir que eu preciso de uma mudança que não consigo realizar por mim.

E a nossa parte? É ir colocando em prática o que Ele for transformando, pois a fé sem obras é morta, mas obras sem fé, sem a justiça que vem pela fé, pelo Evangelho que nos foi anunciado, é morte e engano.

COLOSSENSES 2
20 Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como:
21 Não toques, não proves, não manuseies?
22 As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;
23 As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.

O que há de morte na história é morrer com Cristo. As regras apenas satisfazem à própria natureza pecaminosa, que se orgulha de achar conseguir o que precisa, o velho homem orgulhoso; mas de fato o texto bíblico diz que não consegue. Seu sangue justo, de Jesus, sobre meu caráter (isto tem efeito!) é o que necessito. "Senhor, atua na minha ética, na minha moral, na vontade, apresento-os a Ti; preciso. Neste processo cuida também da minha vida nesta terra, dos meus negócios e afazeres, pois essa mudança pode mexer comigo de forma tal que eu precise de apoio. Em Nome de Jesus. Amém".

"A oferta para expiação da culpa que eu posso lhe apresentar é o sangue redentor do Teu filho pelo meu caráter, pela minha vida, pela minha moral. O sacrifício que posso lhe apresentar para a mudança que eu preciso é o Teu filho Jesus. De mim nada sou, de mim nada posso apresentar, sou o que precisa da redenção, apresento o Teu filho, sacrifício provido por Ti, alimenta-me hoje da Tua santidade para que eu vá crescendo. Em nome de Jesus, amém".

Na vida natural, no quesito alimentação diária, por exemplo, a persistência em certos alimentos trás benefícios para a saúde ao longo do tempo; assim é com a vida espiritual, com a santidade. A vida espiritual pode ser comparada com a saúde; se você deixar certos hábitos saudáveis ela vai perecendo. Por isso Ele é o Pão, por isso Ele é o alimento. Alimento da minha santidade, Ele, o Seu sacrifício eterno, os Seus méritos, o Seu esforço por mim, tudo por amor.

Confesse, confesse quem você é, isso é humilhar-se. Mas a promessa bíblica para este exercício é:

"Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado". Jesus, o Cristo, em Lc 14.11

Assim o Senhor é soberano sobre as nossas fraquezas (2 Co 12.9), Ele pode nos fazer caminhar em santidade, "Acaso, para o Senhor, há coisa demasiadamente difícil"? (Gn 18.14a). Do mesmo modo como Ele fez um ventre estéril e já envelhecido pelo tempo dar à luz a contento (Sara, em Gênesis, no contexto do versículo citado), também tem poder para que eu, estéril em justiça, possa viver em santidade para Ele todos os dias da minha vida. É dessa maneira que creio e espero. Em Nome de Jesus, amém.

Faça suas orações, vou compartilhar alguns tópicos que usei para as minhas:

- "Não tenho esperança em mim".

- O ser humano só produz as coisas da carne, bem conhecidas, como bem diz a Tua Palavra: "adultério, prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas" (Gl 5.19b-21a); algumas em ações, outras em pensamentos, todas pecado para Ti. (colocar em sentido pessoal, "eu produzo as coisas bem conhecidas, como bem diz a Tua Palavra...").

- "Tenho saudades de, quando vejo na história, que a Tua igreja se ocupava com a justiça. Parece que hoje ofusca essa busca por cura e prosperidade. Ainda que essas coisas venham de Ti, não são as primeiras, devem ser depois de se buscar a justiça e isso ainda conforme o Teu propósito. Ah, Senhor, vem nos curar, vem nos sarar a alma".
"Se o Meu povo, que se chama pelo Meu Nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, Eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra" (2 Cr 7.14).

- "Mas Tu és justo e santo, amoroso e bendito és. Tu mesmo proveste para Ti sacrifício aceitável, até demais, que é o Teu filho, o Senhor Jesus Cristo. Nele está a minha santidade, Nele está a minha vida para Ti. Creio na Tua providência".

- "Eu vou continuar te louvando..."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…