Pular para o conteúdo principal

RAÍZES PARA RECOMEÇAR



Todos os dias findamos nossas atividades, deitamos, dormimos e ao acordar começamos tudo novamente para dar prosseguimento à vida. Com estes exemplos da rotina diária nós sabemos o que é recomeçar as coisas tudo de novo, o que já fizemos muitas vezes antes.

Assim como nas atividades diarias, muitas outras são recomeçadas para podermos dar continuidade.

Para chegar nos resultados de qualquer coisa que nos propusermos a fazer, precisamos de raízes. Se você tentou fazer algo e saiu errado, gostaria que refletíssemos sobre algumas raízes que devem existir em sua vida para dar sustento e fazer concluir sua(s) tarefa(s); demore ela um ano, seis meses, uma semana ou a vida inteira, você precisará de bases para fazer bem suas atividades e ter sucesso, não fracasso.

1. RAIZ DO DESCANSO. Muitas vezes o que fazemos não dá certo porque não temos esta raiz. Se você está começando ou recomeçando algo, primeiro precisa estar bem. Em algumas ocasiões não temos tempo para descansar; mas no dia-a-dia, sem sufucientes horas de sono, não podemos fazer nada direito: não pensamos, não completamos as tarefas, não raciocinamos, erramos e fazemos as coisas arrastadas porque estamos cansados.

2. RAIZ DA FÉ. Aqui quero falar da fé com propósito genuinamente bíblico. Por favor, trate o que é bíblico de forma bíblica. Às vezes as coisas não dão certo porque não estamos com alvo certo para a fé. Com a fé alcançamos o que precisamos para suprir nossa necessidade. O que você precisa? Cura para a alma? Valores para a vida? Direção? Sabedoria para se relacionar com as pessoas? Vejamos um exemplo do uso da fé em Filemom vers. 6 NVI “Oro para que a comunhão que procede da sua fé seja eficaz no pleno conhecimento de todo o bem que temos em Cristo”. Na paráfrase bíblica, Bíblia na Linguagem de Hoje, diz “Peço a Deus que a fé que une você a nós faça com que compreendamos mais profundam
ente todas as bênçãos que temos recebido na nossa vida, por estarmos unidos com Cristo”. São necessidades e você precisa delas para caminhar, e o que recebemos de Deus é pela fé. A fé, descrita em Hebreus 11.1 é "a certeza daquilo que esperamos e a prova do que não vemos". Diz, ainda, que pela fé os antigos receberam bom testemunho, fala da fé como entendimento e aceitação da forma como o universo foi formado, diz que a fé foi para obediência a Deus, seguir Sua direção, propósito, aceitar um caminho indicado. A fé falou de libertação de povos, livramento de morte. Não fala de carro zero e casa própria. Mas fé para viver para Deus e receber dEle tudo o que a alma precisa. A alma tem uma série de necessidades que podem ser saciadas por Deus, mas se receber algo dEle é pela fé. Pela fé pedimos cura para nossos relacioanamentos, pedimos valores, caráter, mo
ral, ética, direção para a vida, cura das emoções; porém, hoje vemos a fé sendo usada muitas vezes apenas para obtenção do que é material! São as roupas novas, a aquisição da empresa; sendo que a fé é para receber de Deus todas as coisas nobres que precisamos para viver nesta terra. Sabedoria! Se em nosso recomeço usarmos nossa fé para receber tudo isso, será uma raiz bem firmada para nos dar sustento com o uso correto da fé! Depois de atingidos estes alvos da fé, se precisarmos do que for matéria, podemos pedir a Deus que Ele também dá; mas aí já teremos até sabedoria para desfrutar de todas elas, pela fé.

3. BÍBLIA. Se estamos falando de fé, precisamos falar da fonte da fé, que é a Bíblia Sagrada. A fonte da fé não é a palavra do homem. As palavras do homem podem ser placas na estrada da vida dizendo: “leia a Bíblia”, como faz nosso pastor nos cultos. Mas se não a lermos, não teremos fé; e precisamos de fé para alcançar os valores, as motivações corretas para desempenharmos nossas funções em nossa família, trabalho, igreja e onde mais estamos relacionados com as pessoas, servindo a Deus. Uma leitura sistemática da Bíblia, onde você possa extrair cada dia o que necessita, não precisa ser tudo de uma vez; esta fonte não secará nunca. Se você não consegue uma leitura sistemática na ordem em que os livros estão na Bíblia, procure outro sistema: leia de trás para a frente (primeiro Apocalipse, depois Judas, 3 joão, 2 joão, 1 João, 2 Pedro, 1 Pedro, Tiago, Hebreus...), por exemplo. O diferente atrai mais nossa atenção do que o comum, posto que esse diferente é dentro da Palavra de Deus. Então, varie, mas tenha contato com a mesma fonte santa da ordem tradicional.

4. ORAÇÃO. Mas como resposta à Palavra de Deus. Na sua leitura da Bíblia, marque o que lhe chama a atenção e responda a Deus. Sim, se ali diz que não devemos discutir, fale com Ele: “Senhor, eu tenho dificuldade nisso aqui, minha resposta a Ti é 'preciso de ajuda nisso”', certamente Deus ficará contente com sua resposta à Palavra dEle e vai interagir com você nesta necessidade.

5. CONSCIÊNCIA. Na próxima vez que começar ou recomeçar alguma coisa, faça de forma consciente, pensante, use a inteligência com a fé. Deus tem planos para você que incluem fé e raciocínio; usemos largamente o pensamento como o fazemos com a empolgação. Pondere, espere, analise através da mente que o Deus da fé nos deu. Muitas vezes começamos as coisas com a empolgação, mas não continuamos, porque a continuidade é muito mais própria da razão do que da emoção. O pensamento sóbrio, sem a exaltação do espírito, revisa todo o trabalho e retira excessos que são tão prejudiciais para a continudade quanto a falta de alguma coisa.

Estes princípios devem ser lembrados porque vamos aprendendo com o tempo, não passa a ser aplicado imediatamente quando acabamos de ler sobre eles. Você perceberá com o decorrer dos dias que, após a leitura destes ensinamentos, irá enxergar falhas, raízes que você usa e outra não, o uso delas em separado e em conjunto. E é assim mesmo, trabalhando dia após dia. Volte a ler este texto e recomece várias vezes; dessa maneira você criará raízes para atingir seus objetivos, e de forma simples, mas com resultados. Isso não é o que todos querem?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…