Pular para o conteúdo principal

Orar, oras



Engraçado como nos preocupamos em comer bem, corretamente e como temos cuidado com a alimentação. Não passamos um dia sequem sem comer. É de manhã, no almoço, a noite, as beliscadinhas nos intervalos; para os mais naturais mascar um cravo, para outros um bombom, um biscoito... e assim vamos.

Mas engraçado como não temos essa mesma situação para a oração. Comemos na rua, andando, dirigindo, e às vezes oramos a caminho de algum lugar também. Mas não paramos muitas vezes num horário marcado e local específico só para orar. Não temos tempo.

Ficamos chateados se temos que interromper ou adiar uma refeição, já percebeu? Mas não fazemos assim com a oração.

A alimentação hoje é muito estudada. Tem estudo dos alimentos, dos horários, das quantidades. Há alimentos recomendados para os fins desejados, líquidos, sucos. Existem equipamentos feitos para lidarmos com os alimentos... Mas para a oração que, juntamente com a Palavra, são o alimento da alma e do espírito nós não nos interessamos. Há almas famintas e sedentas. E não sabem porque algumas coisas não dão certo. Olha quanto coisa hoje gira em torno da alimentação! Balanceada, saudável, integral... Já pensamos numa oração integral? O modelo do Pai-Nosso é o melhor pão integral que temos.

Outra coisa. Comer nós fazemos diariamente e são várias vezes ao dia, no mínimo 3 para alguns, de 3 em 3 hora na recomendação da maioria dos estudiosos... Mas perseveramos na alimentação e em melhorá-la diuturnamente, é assim que devíamos tratar a oração. A Bíblia, nosso cânon, normatiza isso. “Perseverai na oração, velando nela com ações de graça.” Cl 4.2 ARA

“Por isso eu lhes digo: peçam, e lhes será dado; busquem e encontrarão; batam e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta” Lucas 11:9-10
“Eu lhes asseguro que meu Pai lhes dará tudo o que pedirem em Meu Nome. Até agora vocês não pediram nada em Meu Nome. Peçam e receberão, para que a alegria de vocês seja completa” João 16:23b-24
Deus: é Aquele que tem prazer em ouvir: 1 Pe 3.12.
Ficamos nervosos se não comermos, mas não se não orarmos.
Faça uma lista de motivos para orar. Pegue-a na mão e ore ao Pai. Pegue o Pai-Nosso (Mt 6.9-13) e escreva os pontos que você vê que são princípios para orar e preencha com suas necessidades. Leia as recomendações sobre oração na Bíblia antes do Pai-Nosso: Mt 6.5-8 e depois também: Mt 6-14-15.
Comece a orar devagarzinho até se tornar um hábito, retome a prática imediatamente, se esquecer de orar.
Vou orar.
Pense nisso. Um abraço.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…