Pular para o conteúdo principal

Esperanças em diálogo

Em termos simples e direto... Deus não te dá uma poupança gorda, mas te dá maná todos os dias da sua vida, todos os momentos, em todas as situações que vocÊ pedir e ele atender por graça. Muitas vezes nos preocupamos com todas as coisas, com pagamentos, com compras, as Deus está cuidando de nós por Sua infinita graça e bondade.

Ele está nos proporcionando um caminhar diário com Ele, para Ele, e quando caminhando para Ele vamos na direção dos Seus mandamento: Amar Deus sobre tudo e ao próximo exatamente como a nós mesmos.

A provisão diária, e não uma poupança gorda que nos faça descansar nela, nos leva, como aos israelitas no deserto, a depender de Deus, a olhar para Deus e a buscá-lO, ao passo que uma gorda provisão, definitiva, poderia fazer nós nem lembrarmos de Deus. Essa relação dos valores, bens seculares e nós mesmos tem em si a possibilidade de um trabalhar que Deus pode proporcionar para nós, afim de revelar tantas coisas que nós queremos. "Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração". Mt 6.21. Aonde Deus está dizendo para você por o seu tesouro? Está dizendo para você dar dinheiro a igreja? A ajudar um necessitado, ou vários? A ajudar seus pais ou seus filhos? Isso é uma maneira de fazer o coração do homem se voltar para um determinado lugar, pessoa e/ou situação.

O medo na alma está fazendo as pessoas buscarem uma segurança eterna, permanente, contudo Deus é superior em segurança e provisão, em relação a tudo o que pode prover o ouro, para tudo o que a minha alma busca. O homem está buscando dinheiro e Deus diz para ele dar dinheiro, colocar dinheiro em determinados lugares para colocar o coração nas coisas certas. Se nosso coração tem que estar em Deus, ofertas devem ser dirigidas a Ele. Não estou dizendo dar todo dinheiro à igreja, pois muitas já tem até demais, mas no que Ele dirigir no que você coloque, que seja para a glória dEle. Conquanto isso não seja o modelo de relacionamento com Deus, que é pela graça, faz parte do relacionamento com Deus. Não se consegue nada em troca, não é barganha, mas se coloca as coisas nos devidos lugares. Deus está tirando nossa confiança no dinheiro quando nos faz doá-lO (com direção de Deus), para confiarmos nEle.

Porém, Deus não se vê.

O fato de nós não vermos a Deus não significa que não podemos tê-lO singularmente na vida, e experimentarmos coisas novas, diferente e boas em nosso interior e também fora de nós, extra-nós para termos nossa provisão a tudo o que precisarmos nessa terra. A fé entra no cenário agora. A fé é o "através" por onde abrimos este portal em direção ao Senhor. Onde há comunicação (um fala e outro escuta e vice-versa) e não apenas mais contemplação das coisas criadas. Podemos aprender lições na criação/ natureza...? Sem dúvida nenhuma, contudo não na intensidade da fé. A questão é (para a fé operar) continuar a falar com Deus e a buscá-lO todos os dias, então alcançaremos proezas. E as maravilhas de Deus podem ter simplicidade e ser maravilha ainda assim.

Assim como lemos um pouquinho da Bíblia todos ou dias na esperança de ser alimentado(a) e com o tempo ter algum conhecimento do todos para nos lembrarmos, edificarmos e usarmos sempre que desejarmos, assim é a opção de falar com Deus, que provê diariamente seu maná em casa época.

Sobre a fé, ela vem por ouvir. Se você ouve a Palavra, a lê, então agora é hora de falar, o diálogo com o Senhor já começou.

Pense nisso. Do it.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A experiência de continuar sendo salvo

Convido você a assistir este vídeo onde exponho a mensagem bíblica: "A experiência de continuar sendo salvo".



Gostou do vídeo? Compartilhe no Facebook, no Twitter e nas demais plataformas usando a ferramenta abaixo. Sugira novos temas. Deixe seu comentário abaixo.

FORMATURA CASADOS PARA SEMPRE - Turma IBMA 2012 / 1º Semestre

O Curso "Casados para sempre" tem alcançado pessoas ao redor do mundo todo com uma visão bíblica sobre casamento.
No dia 03 de junho de 2012 tivemos a formatura da primeira turma da Igreja Batista Maysa I, pela graça e bençãos de Deus.

A formatura aconteceu no culto de domingo a noite, e o pastor nos repassou a direção do mesmo, assim fizemos um culto das famílias para Deus. O Senhor nos abençoou com uma Palavra edificante e profunda, confirmando cada vez a suficiência da Bíblia em fornecer toda a direção necessária para a vida humana, sobretudo familiar, por meio da fé em Jesus Cristo, com a ação do Espírito Santo, pela graça de Deus.

Os casais tiveram o momento de testemunhar e cada cônjuge falou aquilo que Deus fez nas suas vidas, o que começou e está continuando. Falaram das aulas que mais gostaram e incentivaram, de livre vontade, os presentes a fazerem o Casados para Sempre. Todos os testemunhos, sem exceção, foram sinceros e demonstraram aquilo que Deus operou por mei…

GRANDES projetos, mas sem DEUS (Julio Oliveira Sanches)

Na vida diária temos muitos detalhes que fazem a diferença para os sucessos que desejamos (no sentido de objetivos serem atingidos). Escrevendo para O Jornal Batista (Ano CXIII, Edição 10), o pastor Julio Oliveira Sanches comentou acerca de grandes projetos que essa era tem feito, mas excluindo Deus, e, portanto, as consequencias colhidas. Preste muita atenção nas suas colocações, pois foi exatamente o que me fez escolher este artigo para a semana. Os destaques são meus. Confira na íntegra abaixo:

Faz parte da natureza corrompida pelo pecado "sonhar” grandes projetos para Deus, mas sem respaldo da aprovação divina. Uma tentativa de comprar os favores divinos e compensar os pecados não confessados e não perdoados. Deus não é consultado, tampouco participa da elaboração e execução das megalomanias humanas. O nome de Deus é citado como fetiche aprovador das maluquices humanas. Cabe a Deus dar a aprovação final com suas bênçãos para que o sucesso alimente os egos desequilibrados dos q…